Soldagem TIG: conexões de alta qualidade

Quem deseja realizar a soldagem TIG precisa dominar o seu ofício. Enquanto o soldador guia a tocha de solda com uma mão, ele acrescenta simultaneamente o material adicional com a outra mão. Isso requer não só uma grande coordenação, mas também um domínio tranquilo das mãos. O resultado é uma soldagem livre de respingos e com cordões lisos. Devido à alta qualidade dos cordões de soldagem, o processo de soldagem TIG é usado onde a qualidade do cordão é da mais alta prioridade. Por exemplo, em aplicações na construção de reservatórios para a indústria alimentícia e na indústria aeroespacial.

Desafios na soldagem de construções leves

O método de soldagem também é utilizado em construções leves de alumínio. Para o carrinho de um teleférico, por exemplo, muitos cordões de soldagem unem uma vasta gama de diferentes chapas e perfis. Mudanças bruscas na espessura do perfil dentro de um único cordão e transições entre material grosso e fino são um desafio técnico. Numerosos cordões curtos apresentam outras armadilhas: poros podem, muitas vezes, formar-se no início do cordão e fissuras finas no final. A fim de garantir a máxima capacidade de carga e segurança dos componentes, todos os cordões, incluindo os curtos, devem estar livres de poros iniciais e rachaduras na parte final, além das melhores propriedades metalúrgicas possíveis. O processo TIG é o mais adequado para tais desafios.

A soldagem TIG garante cordões sem poros e fissuras nas extremidades, bem como cordões lisos e sem escórias.

O gás inerte garante cordões de alta pureza durante a soldagem TIG

Mas por que isso acontece? Na soldagem TIG, um arco voltaico queima entre um eletrodo de tungstênio não consumível e a peça de trabalho metálica em uma atmosfera de gás não reativo e livre de oxigênio. Devido ao gás de proteção inerte, não ocorrem reações químicas com o banho de solda líquido. Isso tem vantagens metalúrgicas: os cordões de soldagem produzidos são de alta pureza, portanto menos suscetíveis a rachaduras, e têm excelentes propriedades mecânicas e tecnológicas. TIG é, portanto, o processo de soldagem de preferência especialmente para materiais especiais ou as mais altas exigências de qualidade e aparência do cordão. O processo também é caracterizado por um arco voltaico estável e um cordão liso e sem escórias. Juntamente com o comportamento de soldagem livre de respingos em quase todas as posições, esse é o pré-requisito básico para a mais alta qualidade de cordão.

A Fronius lança a nova série de equipamentos para soldagem TIG manual, MagicWave com 190 ou 230 ampères, assim como TransTig 230i, em março de 2018. O ArcTig é um novo desenvolvimento da Fronius para aplicações TIG mecanizadas.

Com o Soldador Virtual Fronius, a soldagem TIG também pode ser facilmente treinada virtualmente. Leia o nosso artigo no blog para saber mais a respeito.

O método de soldagem TIG é caracterizado por um arco voltaico estável e concentrado.



Materiais de adição (varetas ou fios) podem ser introduzidos no arco voltaico e derretidos para garantir o enchimento do cordão.

A soldagem TIG é o método preferido para a união de perfis de alumínio.

6666

Compartilhe as suas ideias