Pulsação na soldagem em aço como uma solução universal

Você quer um equipamento versátil que sirva para tudo? Em muitas áreas da vida, isso deixaria algo a desejar. Mas será que realmente existe uma solução universal quando se trata de sistema de soldagem? Existe um equipamento que serve para tudo? Existe o processo ideal? É claro que não. Mas vamos nos referir exclusivamente à área de soldagem em aço e ao processo MAG. Algo rapidamente se torna claro: se a pulsação estiver envolvida, se torna muito mais fácil soldar aço…

Pulsação? Claro! Mas quando e onde?

Para soldar aço, a solda pulsada também oferece inúmeras vantagens em comparação com outros tipos de arco voltaico. Nós descrevemos em detalhe no artigo „Soldagem de arco MIG pulsado – por quê?“ A principal conclusão deste artigo é que faz sentido mudar para soldagem pulsada, especialmente na área do arco voltaico de passagem. Neste tipo de soldagem em particular, é mais provável que ocorram respingos de solda e as superfícies da costura fiquem com aparência ruim. Às vezes isso resulta em um retrabalho maciço.

O equipamento da solda pulsada pode ser utilizado até na agricultura.

Pulsação? Claro! Mas onde não é adequada?

Em resumo: na faixa de potência inferior do arco voltaico padrão (arco voltaico curto), bem como na faixa de potência alta (arco voltaico-faiscando). É verdade que a solda pulsada envolve inerentemente a redução da aplicação de calor. Os altos picos de corrente da corrente pulsada podem se tornar um problema, especialmente na área de chapas finas. É claro que as fases de alta corrente são muito curtas. No entanto, elas favorecem a queima das chapas finas. Portanto, a pulsação é bastante contraproducente aqui.

Mesmo na faixa de alta potência, a pulsação é prejudicial: o efeito de pitada (constrição das gotas) que ocorre no arco voltaico-faiscando gera inerentemente uma passagem de matéria-prima O material flui literalmente para o banho de solda e o arco voltaico pode ser guiado de forma muito suave. A soldagem pulsada tenderia a perder força aqui e a diminuir a velocidade de soldagem.

Pulsação na construção em aço na Guntamatic – A fabricante de sistemas de aquecimento a biomassa.

No entanto: pulsação em soldagem de aço em todas as faixas de potência – por que mesmo?

Infelizmente não é tão simples assim. Se observarmos o trabalho diário das empresas na área de soldagem de aço, uma coisa rapidamente se torna clara: a pulsação é considerada uma tendência implacável – independentemente da faixa de potência. O arco pulsado é utilizado em uma faixa de potência muito ampla. Em muitos casos, ele também é utilizado em vez do sólido arco voltaico curto e como alternativa ao arco voltaico-faiscando.

Portanto, não é apenas uma questão de evitar o arco voltaico de passagem propenso a respingos de solda. Ou para reduzir o retrabalho associado a isto. Outra razão lógica é que no trabalho cotidiano dos fabricantes de metal, a soldagem não se limita de forma alguma à posição de calha. Em muitos casos, a soldagem posicional também ocorre em várias posições forçadas – por exemplo, soldagens em ângulo, cordão de topo e muitas outras.

A pulsação na soldagem em aço reduz respingos e retrabalho. Além disso, torna a soldagem de posições muito mais fácil.

Nestes casos, a solda pulsada torna-se a alternativa perfeita para o arco voltaico devido à sua redução de calor e à profundidade de penetração de solda ligeiramente reduzida. Com isso, as oscilações demoradas ou outras técnicas especiais de soldagem de posição são amplamente eliminadas. Isto, por sua vez, significa economia de tempo, pois a soldagem pode ser feita mais rapidamente.

Pulsação – aparência melhor!

Além disso, trabalhadores qualificados descrevem a pulsação como „a maneira mais agradável de soldar“ na soldagem de aço. O ponto mais importante é que se o soldador utiliza o arco pulsado como padrão, ele dificilmente terá que alterar os parâmetros da fonte de solda. Basta ajustar a potência de acordo com a respectiva tarefa de soldagem. O manuseio da fonte de solda é, portanto, muito mais fácil, pois é coberta uma ampla gama de faixa de potência com apenas um arco voltaico.

Soldadores em empresas de construção metalúrgica de médio porte agora usam frequentemente a função de pulsação, pois „o resultado da solda pulsada tem aparência muito melhor.

Além disso, o nível de ruído durante a pulsação é uniforme em todas as faixas de potência e, portanto, mais agradável. Muitos soldadores também descrevem que o banho de solda é mais agradável, mais constante e controlado de forma mais uniforme em toda a faixa de potência. Naturalmente, isto também poderia estar relacionado ao fator de sensação do ruído de fundo…

Fonte de solda pulsada para solda manual também da Fronius

Despertamos seu interesse pela pulsação para soldar aço? Isso nos alegra. Porque na Fronius também nos dedicamos extensivamente a este tema. E principalmente para o segmento de solda manual, por isso, atualizamos o nosso portfólio de produtos com o TransSteel Pulse: a adição da função de solda pulsada à série TransSteel nos trouxe, desde então, uma grande demanda. Você pode encontrar mais informações sobre o TransSteel Pulse aqui.

Compartilhe as suas ideias